Buscar
  • Colaboração de Soraya Marx

Pesca fantasma na Prainha, Rio de Janeiro


Criado em 2001, em uma área de 147 hectares, o Parque Natural Municipal da Prainha nasceu da mobilização de ambientalistas e surfistas locais que tinham como objetivo barrar a construção de um condomínio na área. É um marco na preservação da região que une Prainha a Grumari. A área de proteção ambiental é conhecida pela harmonia entre o verde e o mar, que transforma a paisagem em uma das mais bonitas da cidade. No entanto, a área marinha está fora das delimitações do parque e, assim, é permitida a pesca, que tem trazido grandes problemas para a vida marinha na região. Veja o relato de nossa parceira, Soraya Marx:

"Aqui na Prainha temos muito problema com redes de espera, já presenciei diversas tartarugas mortas na praia e inclusive uma baleia. Quando a maré tá baixa, consigo tirar algumas que ficaram presas nas pedras, afinal, elas continuam poluindo e sempre existe o risco de se soltarem e voltar pra água. Neste sábado, dia 15 de junho, terá um clean up na praia e gostaria de deixar aqui meu convite pra quem quiser vir comigo e meu marido fazer uma limpeza nas pedras, para conscientizar o pessoal sobre esse tipo de lixo. A maioria só vê o que tá na areia e na beira do mar. Preciso chamar atenção para o lixo de insumo de pesca"


41 visualizações

© 2016 por Cumulus TV.