Quantidade recorde de microplástico encontrado no fundo oceânico



Embora se saiba que os microplásticos estão presentes em quase todo o oceano, pouco se sabe sobre os processos de dispersão e concentração deste tipo de resíduo no fundo oceânico.

Em estudo publicado na revista Science, pesquisadores mostraram que correntes, que proporcionam a formação de extensas acumulações de sedimentos no fundo do mar, como dunas, podem controlar a distribuição de microplásticos e criar pontos com uma concentração de até 1,9 milhão de partículas por metro quadrado.

Esse é o valor mais alto relatado para qualquer configuração do fundo do mar globalmente até o momento. Estudos anteriores propõem que microplásticos sejam transportados para o fundo do mar por decantação vertical a partir de acumulações de superfície. Neste estudo, realizado no Mar Mediterrâneo, próximo à costa da Itália, foi demonstrado que a distribuição espacial e o destino final dos microplásticos são fortemente controlados pelas correntes do fundo.

Sabe-se que essas correntes fornecem oxigênio e nutrientes a organismos do mar profundo, sugerindo que os hotspots da biodiversidade do fundo do mar provavelmente também são hotspots de microplásticos.




0 visualização

© 2016 por Cumulus TV.