Posts Recentes
Posts Em Destaque

Projeto ReefBank Brasil - reprodução de corais in-vitro


Não é novidade que o aquecimento global e a acidificação do oceano representam enormes ameaças aos recifes de coral e, consequentemente, à própria vida do ser humano no planeta Terra. Enquanto a sociedade atual não consegue tomar medidas efetivas para a redução da emissão de gases do efeito estufa e diminuir o ritmo de aquecimento do planeta, cientistas buscam formas de manter a saúde dos corais antes que seja tarde demais.

Aqui no Brasil, o Projeto Reefbank está desenvolvendo uma pesquisa pioneira e fundamental para o futuro dos corais no país. Liderados por Leandro Godoy, pesquisador da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e com o apoio do Projeto Coral Vivo, o Projeto ReefBank quer entender melhor a biologia reprodutiva e desenvolver um método para a reprodução in-vitro de duas espécies de coral-cérebro endêmicas do Brasil, ou seja, que só existem por aqui: Mussismilia hispida e Mussismilia harttii.

Para isso, a equipe do ReefBank foi a Arraial d'Ajuda, na Bahia, na base do Projeto Coral Vivo, para coletar gametas (óvulos e espermatozoides) destas espécies e usar técnica da criopreservação (preservação em baixas temperaturas) para que seja possível criar um banco de gametas, que pode ficar armazenado por tempo indeterminado. Se necessário, os gametas podem ser descongelados, gerando novas larvas de corais para a recuperação de recifes degradados.

Este é um grande exemplo da importância da ciência brasileira, desenvolvida dentro de uma Universidade Federal e com apoio do Projeto Coral Vivo, que é financiado pela Petrobrás.


Arquivo

© 2016 por Cumulus TV.